• Anderson Graf

Migrando o OVM Manager para um novo servidor utilizando um backup da base de dados

O Oracle VM Manager, conhecido normalmente por OVM Manager, é um estrutura composta de vários componentes inter-relacionados que por fim criam uma Interface baseada na Web e por linha de comando que permitem o gerenciamento de todo o ambiente Oracle VM (OVM). Devido ao OVM Manager ser "apenas" um gerenciador do ambiente Oracle VM, o mesmo acaba não possuindo redundância, configurações de alta disponibilidade (pois o ambiente OVM acaba funcionando mesmo durante a inatividade do Manager) e claro, backup! 


Apesar do backup da base do Manager ser de extrema importância para sua recuperação ainda existem formas em que ele poder ser recuperado (reinstalado) sem necessidade de qualquer restore da antiga base de dados e posteriormente todos os OVM Servers serem descobertos novamente. Claro, isso é recomendado apenas em últimos casos e se realmente não existir um backup disponível, lembrando de algumas possíveis penalidades do processo.


When you perform a restore in this manner, the names and descriptions of all objects in Oracle VM Manager are lost. You need to manually rename each object in your environment.


Neste artigo estaremos abordando a migração (reinstalação do OVM Manager) em outro servidor utilizando um backup do Manager "antigo" que ainda está disponível. 

O objetivo desta migração é simplesmente disponibilizar o manager em uma nova estrutura


Conectado no OVM Manager (atual), verifique se o serviço do MySQL esta ativo e execute um novo backup da base de dados.


A opção de linha de comando -w server para forçar o script de backup a esperar até que a tarefa de backup seja concluída. Caso ela seja omitida, devemos posteriormente verificar o status do backup via interface Web do Manager ou via linha de comando pelo OVM CLI, conforme exemplo abaixo:



É possivel realizar o backup diretamente via mysqlbackup mas é recomendado sempre utilizar a ferramenta para a execução do backup!

O local onde o backup foi gerado pode ser identificada na saída do próprio comando de backup:


Ou verificado através do arquivo de configuração /etc/sysconfig/ovmm cuja variável DBBACKUP especifica onde os arquivos de backup serão gerados.


O backup da base MySQL também é executada automaticamente a cada 24 horas e seu arquivo gerado baixo do diretório configurado na variável DBBACKUP possuindo por padrão uma retenção de 21 dias que pode também ser ajustada via Interface Web do Manager.


Caso não seja possível executar um novo backup, podemos também utilizar os backups gerados automaticamente, como no caso do OVM Manager ter sido perdido, por exemplo, e uma cópia do backup automático estar disponível em algum outro local.

Parando os serviços do manager, CLI (Command Line Interface) e MySQL:


Desativando o Manager da inicialização:


Para o OVM Manager ser instalado (migrado) para um novo servidor, um item importante que será preciso na nova instalação do produto é o UUID (Universally Unique IDentifier), que é um identificador único que relaciona o OVM Manager em cada OVM Server através do OVS-Agent.


Para resgatarmos o UUID no servidor do OVM manager:


ou


Caso o OVM Manager esteja indisponível, podemos resgatar o UUID no OVM Server.


No OVM Server, o UUID da instância proprietária do OVM Manager é armazenado em um arquivo de banco de dados Berkeley DB no qual podemos despejar seu conteúdo através do seguinte comando executado com o usuário root no OVM Server:


Com o backup e o UUID em mãos, vamos realizar a instalação do OVM Manager no novo servidor.


Quando estamos criando um novo ambiente é sempre importante verificarmos as documentações da Oracle relacionada ao produto e versão que estamos instalando para determinar as configurações minimas necessárias de hardware e software.


Para o OVM Manager 3.4 podemos verificar os requisitos através do Installation and Upgrade Guide acessível pelo link: 

https://docs.oracle.com/cd/E64076_01/E64078/html/vmiug-manager-requirements.html


Com o HW (Hardware) provisionado e com o sistema operacional instalado, devemos baixar a ISO do OVM Manager através do Oracle Software Delivery Cloud (edelivery.oracle.com)


Estando a ISO disponível no servidor vamos montá-la:


Seguindo os requisitos de software, vamos adicionar ao /etc/hosts o ip do servidor e o FQDN (Fully Qualified Domain Name)


Instalação dos pacotes necessários:


Para Linux 7 o iptables deve ser substituído pela entrada iptables-services e os pacotes net-tools e perl-Data-Dumper adicionado ao conjunto de pacotes a serem instalados.


Dependendo da versão do sistema operacional que foi instalado também é comum existir bibliotecas do MariaDB instaladas. Caso ele existam, proceda com sua remoção bem como a remoção de qualquer banco MySQL presente no servidor, pois o OVM Manager requer o uso exclusivo do MySQL devido aos parâmetros específicos que se aplicam à sua configuração. 

Exemplo:


O Oracle VM Manager usa o MySQL Enterprise Edition em uma porta não padrão e o licenciamento do MySQL Enterprise Edition fornecido com o Oracle VM Manager concede uso exclusivo ao Oracle VM, desta forma não devemos usar o servidor MySQL fornecido para qualquer outra finalidade. 


Se uma instalação existente do MySQL estiver presente no sistema, o instalador sai com uma mensagem de erro informando que você deve removê-la antes de continuar com a instalação. O próximo passo é executar o script createOracle.sh que será localizado abaixo do ponto de montagem da ISO do OVM Manager. O script createOracle.sh será responsável por criar os grupos e usuários necessários, diretórios, ajustes de parâmetros e liberações de portas no firewall do sistema operacional.


Agora executaremos o runInstaller que irá proceder com a instalação do OVM Manager propriamente dita. Observe que devemos informar na chamada do shell script o UUID coletado anteriormente.


Caso os requisitos de Hardware não sejam satisfeitos, podemos utilizar a condição --noprereq para ignorá-los na verificação.

Durante a instalação algumas interações serão necessárias, proceda conforme a demonstração abaixo. Maiores detalhes de data etapa podem ser obtidas na mesma documentação do produto supracitada.


Concluída a instalação iremos proceder com o restore da base de dados MySQL utilizando o backup gerado anteriormente.


Para isto iremos parar os serviços do Manager, CLI e MySQL.


O local do backup sera puxado automaticamente através da variável DBBACKUP contida no arquivo /etc/sysconfig/ovmm, desta forma, proceda com a copia do backup para este diretório.


Como ainda estou com o antigo servidor do OVM Manager ligado (com os serviços parados), irei proceder com a cópia do backup a partir dele para o novo servidor do OVM Manager:


Ajustado a permissão do diretório e arquivos para o usuário oracle e grupo install:


Realizando o restore da base de dados MySQL.


O script ira solicitar a confirmação de remoção dos arquivos da base MySQL recém instalada para poder proceder com o restore dos arquivos através do backup, confirme a remoção para dar sequencia ao processo.


IMPORTANTE:


O script RestoreDatabase irá executar uma verificação da versão para garantir que a versão do banco de dados corresponda a versão do banco de dados a partir da qual o backup foi criado. Se houver uma incompatibilidade de versão, o script sera encerrado com um aviso, pois essa ação poderia inutilizar o Oracle VM Manager.


É possível suprimir esta verificação de versão usando a opção --skipversionchecks ao chamar o script, contudo ela  deve ser usada com cuidado, pois as incompatibilidades de versão podem ter consequências indesejáveis para o Oracle VM Manager.


Por exemplo, os backups do banco de dados de uma versão 3.4.x anterior não podem ser usados em uma implantação do Oracle VM Manager na versão 3.4.5 ou posterior, devido a alterações no esquema do banco de dados.


A partir deste ponto, a antiga máquina do OVM Manager foi desligada e o IP da nova máquina ajustado de 172.16.100.29 para 172.16.100.13 (IP da antiga máquina do OVM Manager)


  • Ajuste o IP da maquina em /etc/hosts e /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-xxxxx e reinicie a interface de rede.


Suba todos os serviços parados anteriormente:


Como tivemos os certificados necessários para autenticar vários componentes do OVM Manager, como a Interface web e a interface de linha de comando regenerados durante a nova instalação e seus mapeamentos substituídos através da restauração do banco de dados, é necessário reconfigurar os certificados novamente para autenticar esses componentes.


Reinicie o Oracle VM Manager e execute o script de configuração do certificado do cliente, da seguinte maneira:


Reiniciei o serviço do OVM Manager:


Como último passo, conecte na console do OVM Manager e realize o refresh do server pool:



Ambiente migrado e serviços disponíveis.




24 visualizações

© 2018 Exímio Solução em TI

  • Grey Facebook Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn